Moldando as cadeias de suprimentos de saúde do século XXI: os pontos positivos e as armadilhas da aquisição conjunta

Moldando as cadeias de suprimentos de saúde do século XXI: os pontos positivos e as armadilhas da aquisição conjunta

O acesso a medicamentos e produtos de saúde seguros, eficazes e acessíveis é impulsionado em grande parte pela eficiência do sistema de compras de um país. Sem um processo de aquisição bem planejado, os países arriscam a qualidade dos produtos e serviços, falta de estoque, compras de emergência caras e compras em excesso. 

Em 26 de janeiro, a MSH organizou uma discussão sobre o papel dos mecanismos de compras conjuntas no fortalecimento da gestão da cadeia de suprimentos e no avanço da disponibilidade de produtos e serviços essenciais de saúde em meio a desafios complexos como o COVID-19. 

Este é o segundo de uma série de discussões prospectivas com especialistas globais sobre oportunidades para remodelar as cadeias de suprimentos de saúde para torná-las mais resilientes e eficientes.

Moderado por: 

Apresenta:

A MSH publicou dois novos documentos para ajudar os formuladores de políticas e os profissionais da cadeia de suprimentos a melhor projetar, negociar e implementar mecanismos de aquisição conjunta. 

Procurar